segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Novo vírus parecido com o da Sars é detectado no Oriente Médio

Autoridades de saúde estão observando de perto um novo vírus similar ao da Sars (Síndrome Respiratória Aguda Grave) que matou pelo menos uma pessoa na Arábia Saudita e deixou outra em estado grave no Reino Unido.

O germe é um corona vírus, de uma família de vírus que causam tanto o resfriado comum como a Sars, uma síndrome respiratória que já matou cerca de 800 pessoas, a maioria delas na Ásia, em uma epidemia em 2003.

No sábado, autoridades britânicas alertaram a OMS (Organização Mundial da Saúde) a respeito de um paciente com o novo vírus, transferido do Qatar para receber tratamento em Londres. Ele tinha viajado recentemente para a Arábia Saudita e agora está na UTI depois de sofrer problemas renais.

As autoridades não sabem ainda se o vírus pode se espalhar tão rapidamente como o da Sars ou matar tantas pessoas. "Ainda é cedo. No momento, temos dois casos esporádicos e ainda há muitas lacunas para serem preenchidas", disse Gregory Hartl, um dos porta-vozes da OMS.

Ele também afirmou que não é possível dizer como o vírus se espalha. Coronavírus geralmente se espalham pelo ar, mas Hartl disse que alguns cientistas estão considerando a possibilidade de os pacientes terem se infectado por meio de animais e que não há evidências de transmissão entre humanos.

Até agora, não há conexão entre os dois casos excepto a viagem à Arábia Saudita. Nenhum outro país relatou casos similares à OMS.

A Sars atingiu mais de 30 países a partir de Hong Kong. Michael Osterholm, especialista em gripe da Universidade de Minnesota, disse que é preocupante o fato de uma pessoa ter morrido depois de contrair o novo vírus. "Isso nos faz pensar que é um vírus parecido com o da Sars, que matou cerca de 10% das pessoas infectadas."

A OMS não fez nenhuma recomendação a respeito de restrições de viagens e disse que a fonte da infecção permanece desconhecida.

Fonte: Folha Online

Um comentário:

Anônimo disse...

thanks for sharing.